FALE CONOSCO: (21) 999691616

separador-header.png

 

Religião e Movimentos Sociais no Contexto Brasileiro

 

 

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CAIO_BANNERSITE.png

Ementa
 

Os movimentos sociais e a religião sempre foram temas importantes para as Ciências Sociais. Os estudos que se debruçam sobre essas temáticas são parte importante no esforço de compreender o lugar desses em um mundo em crescente mudança. Ou seja, as ações coletivas de movimentos sociais e a religião ocupam uma parte importante na busca das ciências sociais em compreender as mudanças que acontecem no tecido social. Embora as previsões da teoria da secularização indicassem que o papel da religião na sociedade seria menor, o que se percebe é justamente o contrário. No que tange aos movimentos sociais, esses muitas vezes têm um papel crítico na defesa de direitos de grupos socialmente marginalizados. Contudo, o impacto dessas interações nos processos de mudança social é uma das mais urgentes e, ao mesmo tempo, uma das mais negligenciadas. No Curso “Religião e Movimentos sociais no contexto Brasileiro”, discutimos as diferentes formas como a religião interage com os movimentos sociais contemporâneos. No curso nos desdobramos para analisar sobre o papel da religião em apoiar ou desafiar tais movimentos para a promoção de processos de mudança social, tendo como foco especial a realidade brasileira.
 


Objetivos do Curso

 

Ao término do curso, esperamos que os participantes possam compreender as teorias tanto da importância dos movimentos sociais quando da religião para as mudanças sociais. Igualmente, deseja-se que os participantes possam apreender sobre o cenário do ativismo e das ações coletivas decorrentes da militância de religiosos no contexto brasileiro.

 

 

 

 

Bibliografia básica

 

 

 

DOIMO, A. M. A vez e a voz do popular: movimentos sociais e participação política no Brasil pós-70. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, ANPOCS, 1995.

GOHN, Maria da Glória et al. Movimentos sociais na contemporaneidade. Revista Brasileira de Educação, 2011.

HOWARD, Veena R. Gandhi's Ascetic Activism: Renunciation and Social Action. Suny Press, 2013.

HUNT, Scott A.; BENFORD, Robert D. Collective identity, solidarity, and commitment. The Blackwell companion to social movements, p. 433-457, 2004.

KERTZER, David. Rituais políticos e a transformação do Partido Comunista Italiano. Horizontes Antropológicos, v. 7, n. 15, p. 15-36, 2001.

MOSS, Dana M.; SNOW, David A. Theorizing social movements. In: Handbook of contemporary sociological theory. Springer, Cham, 2016. p. 547-569.

SMITH, Christian. Disruptive religion: The force of faith in social movement activism. Routledge, 2014. MORRIS, Aldon. The Black Church in the Civil Rights Movement. Disruptive religion: The force of faith in social-movement activism, p. 29-46, 1996.

TARROW, Sidney. O poder em movimento: movimentos sociais e confronto político. Vozes, 2009.

 

 

 

Professor

 


Caio Marçal é Mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Graduado em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais, bacharel em Teologia pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix e Especialista em Psicopedagogia e Supervisão Escolar pela Universidade Cândido Mendes. Seus trabalhos se concentram nas temáticas de Sociologia da Cultura e da Religião, Movimentos Sociais Urbanos, Educação Popular e Direitos Humanos. É coordenador da Rede Fale e ativista da rede de apoiadores do movimento sem teto em Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Valor: R$90,00